Doiapoque a Nova York Lucerna Archives - Doiapoque a Nova York
Onde comprar chocolate na Suiça e quais marcas
EM: 26 DE maio DE 2017 Tags: , , , ,

Antes de viajar, fiz uma pesquisa rápida sobre as melhores marcas de chocolate na Suiça. Já que íamos para lá, queríamos aproveitar para experimentar algo além de Lindt e Toblerone.

doiapoqueanovayork

Portanto, assim como fizemos na Bélgica, chegamos com uma listinha de marcas e lugares que queríamos conhecer. E, sim, a Suiça é cara e, sim, os chocolates sáo tao caros quanto.

Mas eu, particularmente, acho que isso é o tipo de coisa que vale a penar Comprar. Primeiro: quando você terá a chance de experimentar uma marca de chocolates local “in loco” novamente? E segundo: você não vai lá devorar a loja inteira e deixar todas as suas economias ali, um bombom aqui e outro ali não vai matar e nem levar ninguém a falência. Ou vai dizer que em Gramado o chocolate também é baratinho? Não é, então… esse é o princípio da coisa!

doiapoqueanovayork

Os preços dos chocolates mais carinhos são mais ou menos tabelados entre as lojas. E não são mais caros à toa, são feitos a partir de receitas especiais, artesanalmente e com ótimos ingredientes “gourmet”.

doiapoqueanovayork

Confesso que as opções são várias e a primeira vista dá vontade de experimentar tudo. Mas a medida que você vai analisando as opções, vai tirando suas conclusões de qual te convém mais.

  • Láderrach

A campeã para nosso gosto foi a Läderach. Vimos lojas dessa marca em praticamente todas as cidades que passamos. Até mesmo em algumas estações de trem. Fomos em Basel e depois do centrinho histórico de Luzern.

doiapoqueanovayork

O chocolate é maravilhoso e, sim, coloca o Lindt, por melhor que ele seja, no chinelo. Mas isso se justifica facilmente, porque o Lindt é produzido em série enquanto que o outro é artesanal e recebe toda uma atenção especial.

As barras artesanais tem diversos sabores e confesso que não duravam muito tempo na vitrine!

doiapoqueanovayork

  • Sprüngli

Outra loja que fomos foi a Sprüngli, a loja de chocolates gourmet e artesanais da Lindt. Chocolates bons, mas sem muitas novidades. No entanto, o destaque aqui ficam para os macarrons, deliciosos!

doiapoqueanovayork

  • Lindt

Há enormes lojas-outlets da Lindt espalhadas pelas principais cidades suiças, com promoções que valem a pena para trazer aquela lembrança da viagem. Aproveitei que dois dias depois da viagem seria meu aniversário e trouxe vários para distribuir no escritório.

doiapoqueanovayork

  • Cailler

Nos mercados suíços (Coop e Migros) dá pra encontrar excelentes chocolates por precinhos bem pequenos, por volta de 1€. A Cailler, que é a marca de luxo da Nestlé e a fábrica, no lado francês do país, oferece visitas e o passeio com o trem do chocolate.

doiapoqueanovayork

  • Frey

A Frey é uma marca de chocolates parecidíssima com a Lindt e também super em conta e disponível nos supermercados. Todos com versões e formatos muito similares entre si e o gosto, confesso que se não soubesse a marca, diria que eram todos Lindt. Também óptimas opções para lembranças.

doiapoqueanovayork

Selene Soares
Selene Soares

Suiça: Dicas práticas: transporte, hospedagem e alimentação
EM: 24 DE abril DE 2017

– Transporte:

Tanto os aeroportos como as estações de trem são super bem conectadas por ônibus que te levam a quase todas as partes da cidade. Escrevi um post completo sobre os trens aqui.

Suiça

– Hospedagem:

Em Luzerna nós ficamos hospedados no excelente Ibis Budget Luzern City, super bem localizado, a três quadras da estação de trens e do centro histórico. Ainda por cima, descobrimos que o ônibus número 4, que saia da estação de trens/ e da entrada para o centro histórico passava em frente ao nosso hotel!

Suiça

Já em Zermatt ficamos no maravilhoso/ sem palavras Tannenhof, em pleno centrinho de Zermatt (em uma ruazinha da avenida principal) e com vistas exclusivas da varanda para o Matternhorn! Café da manha excelente, atendimento e dicas de primeira e quarto super confortável.

SuiçaSuiça

– Alimentação

Além da tradição dos chocolates, leia aqui onde quais as melhores loja para comprar, a Suiça tem uma forte tradição em queijos.

Suiça

Existem várias queijarias espalhadas pelas cidades, fomos na Chäs Barmettler em Lucerna onde havia uma variedade enorme de queijos tanto os mais “internacionais” como o Gruyère, o mais tradicional do país, e algumas variedades locais, que acho que só existem na Suiça. Além disso, cada variedade tem sua versão curada ou semi curada, mais ácida, mais picante, mais suave e poa aí vai. Dá pra fazer a festa.

Suiça

Também nos mercados locais a variedade é imensa. Achei até o queijo Manchego, que é típico espanhol e que em Barcelona não achava em lugar nenhum! Tem até a maquininha para derreter  o queijo e fazer raclete em casa.

Suiça

Raclete, é servida como uma entrada, com picles pequenos bem suaves e uma porção generosa de queijo Gruyère derretido por cima.

Suiça

Um dos pratos mais típicos com queijo é o Fondue, que é uma delícia com nada mais nada menos que queijo Gruyère e vinho branco, suave e deliciosos.

Suiça

Outro prato para provar é a batata rosti, que nada mais é do que batata ralada e frita, com muito queijo, ovo frito e bacon. É muito bom!

Suiça

– Souvernir

Entre os mais tradicionais, além do chocolate estao os relógios de bolso e cuco e os canivetes.

Suiça Suiça Suiça

 

Selene Soares
Selene Soares