Doiapoque a Nova York Praga Archives - Doiapoque a Nova York
Praga: A cidade das cem torres
EM: 21 DE julho DE 2014 Tags:

Praga é inesquecível pela enorme quantidade de monumentos únicos dos mais diversos estilos arquitetônicos e pelas vistas panorâmicas. Como tínhamos pouco tempo na cidade, contratamos um walking tour no próprio hotel. A guia chegou às 8h, passamos em mais 2 hotéis para pegar o pessoal e começamos a explorar a cidade, começando pela Cidade Velha.

O núcleo antigo de Praga tem mais de 10 séculos de história é uma mistura da arquitectura românica e gótica, com casas e palácios renascentistas e bairros barrocos com um enorme número de palácios e igrejas.

A maioria das obras são Património Cultural da Humanidade da UNESCO.

A cidade é dividida em 5 partes: a Cidade Velha (Staré Město), a cidade Nova (NOVÉ MESTO), o Bairro do Castelo (Hradčany),Bairro Pequeno (Malá Strana) e o bairro Judeu (Josefov).

Staré Město – A Cidade Velha – Praga

Foi onde nos hospedamos, no Ibis Old Town, e recomendo fortemente. O hotel é muito bom, o padrão todos já conhecem, e o lugar é incrível. Aos pés da Praça da Cidade Velha e ao lado de uma estação de metrô. Perto de tudo, e na minha opinião, o melhor lugar para se hospedar.

Inicialmente, Cidade Românica, depois Gótica foi várias vezes reconstruída, assim, mantém o aspecto renascentista, barroco, rococó e modernista. Foi a primeira cidade de Praga fundada em 1234. As principais atrações dessa área são:

Ponte de Carlos

É a ponte mais velha de Praga e que atravessa o Rio Moldava. Ela divide o Bairro Pequeno e a Cidade Velha. A lenda diz que um pedido nessa ponte faz você voltar para Praga. Não custa tentar!

Praga

Praga

Praga

 

Praça da Cidade Velha

Essa é a praça mais bonita e famosa da Praga histórica. Desde o século XI foi cruzamento de varias ruas comerciais e mercado principal.

Aqui se encontra a Câmara da Cidade Velha com o Relógio Astronómico e a igreja barroca de Sao Nicolau (K. I. Dienzenhofer, 1732 – 1735). O palácio Kinsky de estilo rococó e a casa da Campana de Pedra – um palácio gótico do século XIV – são hoje salas de exibiçao e de concerto da Galeria Municipal.

Câmara da Cidade Velha

A Câmara foi fundada em 1338 agregada a uma torre de setenta metros de altura.

Perto da parte sul da torre, Mikuláš de Kadaň foi colocado um relógio astrológico em 1410. Existe uma lenda que narra como Venceslau IV deixou cego o construtor do relógio, Mikuláš, para que nunca mais pudesse reproduzir tal maravilha.

Teatro dos Estados

A estreia da ópera Don Giovanni, de Mozart, realizou-se aqui em 29 de Outubro de 1787.

Casa Municipal

É um dos edifícios mais conhecidos da cidade e importante centro cultural e social da vida de Praga.

A Casa Municipal é um bom exemplo da arquitectura modernista. Em seu interior encontram-se várias cafetarias, restaurantes, salas de exposição, de baile e de música clássica. A sala principal e mais famosa é a sala de Smetana.

Para assitir um concerto na Casa Municipal basta comprar os ingressos na bilheteria do palácio. No dia em que fomos, o atendente era equatoriano e falava potunhol. Os ingressos variam de R$30 a R$100.

A Torre de Pólvora

Entrada da Cidade Velha e parte das antigas muralhas da cidade. Aqui começa o Caminho Real – a rota de coroações dos reis checos, que conduz ao Castelo de Praga.

As muralhas contava outras 11 portas foram derrubadas depois dafundação de Praga Grande em 1784. Na parte histórica ficaram as portas antigas: a Porta da Pólvora e a Torre da Ponte de Carlos. Ambas são de origem gótica.

 

Selene Soares
Selene Soares

Castelo de Praga (Pražský hrad) – O maior castelo do mundo
EM: 12 DE setembro DE 2012 Tags:

Localizado na capital da República Checa o gigantesco Castelo de Praga foi inaugurado por volta do ano 880 pelo príncipe Borijov, conde da Boêmia. Claro que inicialmente a construção não era assim, pois com o passar dos anos a mesma sofreu inumeras reformas. É o maior castelo do mundo de acordo com o Guiness Book.

Torres, muros e igrejas foram sendo acrescentadas formando a atual residência oficial do governo checo. Sua área total passa dos 72 mil metros quadrados e compreende a Catedral de S. Vito, Torre da Pólvora, Palácio Real do Castelo de Praga, Torre Dalibor, Convento de São Jorge, Palácio Lobkowicz, e a Viela Dourada.

Catedral do São Vito

A Catedral do São Vito é uma das principais construções da cidade de Praga. Fundada em 1346 por João Luxemburgo, só foi finalizada em 1929. No interior destaca-se a Capela do São Wenceslao do século XIV, decorada com 1.200 pedras semi-preciosas e com murais originais de temas bíblicos.

Palácio Real de Praga

O Palácio Real de Praga está localizado no Castelo de Praga. São três castelos superpostos, construídos cada um em uma época, onde era a residência dos reis da Boémia entre os séculos XI e XVII.

Beco Dourado

O Beco Dourado é uma rua curta e estreita e uma das mais pitorescas de Praga. É outro ponto do castelo que merece ser visitado. Nesta rua estavam localizadas as casas dos artesãos e militares que guardavam o castelo. A casa nr 22 é a mais conhecida, pois foi resudência do escritor Franz Kafka.

Basílica de São Jorge

A Basílica de São Jorge foi construída em 921 por ordem do pai do Príncipe Wenceslão. É o monumento românico melhor conservado da República Checa.

Convento de São Jorge

Junto à basílica encontra-se o antigo convento de São Jorge fundado no século X e atualmente alberga as coleções de arte antiga da Galeria Nacional Checa.

Palácio Lobkovicz

Na atualidade alberga uma exposição permanente sobre a história checa uma exposição das cópia das Jóias da coroa.

Localizado na capital da República Checa o gigantesco Castelo de Praga foi inaugurado por volta do ano 880 pelo príncipe Borijov, conde da Boêmia. Claro que inicialmente a construção não era assim, pois com o passar dos anos a mesma sofreu inumeras reformas. É o maior castelo do mundo de acordo com o Guiness Book.

Torres, muros e igrejas foram sendo acrescentadas formando a atual residência oficial do governo checo. Sua área total passa dos 72 mil metros quadrados e compreende a Catedral de S. Vito, Torre da Pólvora, Palácio Real do Castelo de Praga, Torre Dalibor, Convento de São Jorge, Palácio Lobkowicz, e a Viela Dourada.

Catedral do São Vito

A Catedral do São Vito é uma das principais construções da cidade de Praga. Fundada em 1346 por João Luxemburgo, só foi finalizada em 1929. No interior destaca-se a Capela do São Wenceslao do século XIV, decorada com 1.200 pedras semi-preciosas e com murais originais de temas bíblicos.

Palácio Real de Praga

O Palácio Real de Praga está localizado no Castelo de Praga. São três castelos superpostos, construídos cada um em uma época, onde era a residência dos reis da Boémia entre os séculos XI e XVII.

Beco Dourado

O Beco Dourado é uma rua curta e estreita e uma das mais pitorescas de Praga. É outro ponto do castelo que merece ser visitado. Nesta rua estavam localizadas as casas dos artesãos e militares que guardavam o castelo. A casa nr 22 é a mais conhecida, pois foi resudência do escritor Franz Kafka.

Basílica de São Jorge

A Basílica de São Jorge foi construída em 921 por ordem do pai do Príncipe Wenceslão. É o monumento românico melhor conservado da República Checa.

Convento de São Jorge

Junto à basílica encontra-se o antigo convento de São Jorge fundado no século X e atualmente alberga as coleções de arte antiga da Galeria Nacional Checa.

Palácio Lobkovicz

Na atualidade alberga uma exposição permanente sobre a história checa uma exposição das cópia das Jóias da coroa.

Selene Soares
Selene Soares