Doiapoque a Nova York Munique Archives - Doiapoque a Nova York
A Ópera de Munique (Bayerische Staatoper)

O Festival de Ópera de Munique acontece sempre em Julho com peças tradicionais de Verdi a Wagner. A ópera foi construída por volta de 1600 quando exibia peças italianas para a corte. Esse primeiro teatro chama-se Residenz. Em 1700 o imperador Maximiliano III encomendou ao arquiteto Françoi Cuvillie a construção de outro teatro anexo ao Residenz. O teatro passou a chamar-se Cuvillie e é referencia mundial para os amantes de ópera.

158cpct

Ficamos tão encantados com a arquitetura que  decidimos comprar os tickets para o espetáculo no mesmo dia da apresentação pelo próprio site da ópera. Os preços são muito acessíveis porque o governo realmente proporciona acesso à cultura á população. Há até mesmo um lugar para que se possa assistir a ópera em por por apenas 5 Euros.

164cpct

As pessoas chegam, amarram uma fita no corrimão onde vão ficar e vão para o bar onde ficam até a hora do espetáculo. Quando voltam , claro, a fita continua lá onde foi deixada e ninguém pegou o lugar de ninguém.

148cpct

Na saída do espetáculo uma surpresa: a praça fica cheia de tendas, mesinhas e cadeiras que servem o ‘vinho após o teatro’. Pessoas de todas as idades, inclusive idosos passam horas conversando sobre a peça e apreciando um bom vinho.

173cpct

Até participamos de uma despedida de solteiro, muito diferente das nossas em que assinamos a roupa do noivo e ganhamos uma prenda!

176cpct

Depois disso pegamos o metrô e voltamos felizes para casa desejando que o Brasil fosse assim seguro e organizado!

Selene Soares
Selene Soares

Cervejaria Hofbräuhaus em Munique

Poucas coisas são tão tipicamente alemãs quanto a Hofbräuhaus de Munique. A cervejaria de mais de 400 anos já foi frequentada pela corte alemã, pelos nazistas e por turistas do mundo inteiro.

636cpct

A casa abre à 9h da manhã e chega a ter 30 mil visitas por dia. Foi construída no final do século XVI e salvou as finanças da Baviera. Na época, os duques da região importavam sua cerveja da pequena cidade de Einbeck, na Baixa Saxônia, e estavam cronicamente falidos. A corte apreciava até demais aquele “suco de cevada” o que levou ao esvaziamento dos cofres públicos.

619cpct

O gosto pela cerveja levou à construção de uma cervejaria própria, a Hofbräuhaus que foi apreciada desde o início. Há muitas lendas em torno de sua história e uma delas conta que o exécito sueco topou não invadir a cidade de Munique em troca de mil baldes de cerveja durante a guerra dos 30 anos.

622cpct

Tempos depois o local tornou-se ponto obrigatório para os apreciadores de cerveja do mundo todo e inclusive era frequentada pela Imperatriz Elisabeth ‘Sissi’ da Áustria. Outras celebridades foram Lenin, Mikhail Gorbatchov e Mozart.

625cpct

A casa tem quatro andares e por volta das 13h quando chegamos somente no último encontramos mesa. No térreo é onde há a maior festa com a banda típica, as garçonetes segurando 10 canecas de uma vez e as famosas cestas de pretzel gigantes.

632cpct

Outra tarde inesquecível regada a muita cerveja, salsicha branca (típica do sul da Alemanha, pois existe uma salsicha típica de cada estado), Einsbein (joelho de porco) e mostarda doce!

627cpct

628cpct

Selene Soares
Selene Soares