Doiapoque a Nova York Peru Archives - Doiapoque a Nova York
Os sabores da deliciosa comida peruana
EM: 12 DE agosto DE 2014 Tags: ,

A comida peruana é a cozinha do momento e já integra os circuitos internacionais. Inclusive já é eleito pelo segundo ano consecutivo como o melhor destino gastronômico do mundo pelo World Travel Awards, o oscar do turismo mundial.

Tudo começou quando jovens chefs partiram para estudar na França e na Itália e retornaram à Lima com nova bagagem que aplicada aos ingredientes locais resultaram em uma gastronomia fusion exuberante.

Creme Brulet de Lúcuma (fusion França + Peru)

Creme Brulet de Lúcuma (fusion França + Peru)

Os ingredientes principais, são as batatas (mais de 2.500 variedades), camote (batata doce – mais de 300 variedades), o Ají (pimenta), o tomate, a chirimoya e a lúcuma (frutas típicas do país), a graviola, o achiote (semente de uma fruta típica do Peru), o peixe, o milho (mais de 35 variedades) e uma variedade de grãos andinos como a quinua.

Tubarão

Tubarão

São mais de 500 pratos típicos que passaram por uma releitura, digamos, internacional. Dentre eles estão: Ceviche (peixe branco cozido no limão com milho e batata doce) Causas (base de batata amarela, milho e molho de pimentão) Cuy (porquinho da ìndia) Lomo Saltado (carne laminada com shoyo à moda peruana e chinesa) e Papas a la Huancaína (Batatas com molho de Ají)

Ceviche

Ceviche

Causas

Causas

Além de Ají de Galinha (Galinha desfiada com molho de Ají), Anticuchos (churrasquinho originalmente de coração de boi),  Sopa de Quinua e carne de Alpaca ou Lhama.

Sopa de Quinua

Sopa de Quinua

Carne de Alpaca

E não esqueça do chá de coca, da Inca Kola e do Pisco Sauer (pisco, limão, açúcar, clara de ovo e licor angostura).

Pisco Sauer e milho tostado

Pisco Sauer e milho tostado

Portanto, o dilema em Lima sempre será: qual o melhor restaurante para conhecer a tão afamada cozinha peruana? Um dos mais conhecidos e pioneiro nessa revolução de sabores é o chef Gastón Acúrio, do restaurante Astrid y Gastón. Escolha certeira para um jantar especial.

Já para um almoço mais informal, mas nem por isso menos saboroso escolha entre a Cebicheria La Mar e o restaurante Pescados Capitales.

Peru

Os dois são indicados pela chef brasileira Carla Pernambuco e confesso que a decisão foi difícil, mas depois que li um post do Edu Luz, não tive dúvidas e decidimos ‘pecar’.

Peru

O nome é um trocadilho com os sete pecados capitais, tema central do menu, remetido aos nomes de todos os pratos oferecidos. O ambiente é informal e descontraído e a comida espetacular!

PLANEJANDO UMA VIAGEM PARA O PERU?

Encomende seu roteiro personalizado com cotação de hotel, passagens e passeios porselenenascimento@uol.com.br

Reserve seu hotel aqui no Peru

Faça seu plano de saúde aqui para visitar o Peru

 

Selene Soares
Selene Soares

Peru: As Ilhas Flutuantes de Uros no Lago Titicaca
EM: 07 DE agosto DE 2014 Tags: ,

Saímos de Cusco para Puno em um ônibus noturno cujo bilhete compramos na agência do nosso hotel, o Pirwa Posada del Corregidor, por (S. 55) junto com o passeio para a Ilha de Uros (US$28) no Lago Titicaca. São quase 400 km de viagem que somam 6 horas no total.

Peru

Chegamos em Puno por volta as 4 da manhã e advinhem quem encontramos na rodoviária?? O Zeca Camargo! Tirei uma foto com meu celular que ficou péssima, mas deu pro gasto!

Peru

Havia uma pessoa nos esperando na rodoviária que nos levou para o Pirwa de Puno, já que ainda era muito cedo para fazer o passeio à Uros. O dono do hostal foi super atencioso e nos cobrou US$10 para tomar banho e dormir algumas horas no quarto e mais café da manhã.  Às 9 a van da agência veio nos buscar e nos levou para as margens do Titicaca onde pegamos uma lancha até as Ilhas.

Peru

Elas são ilhas flutuantes feitas de Totora, um tipo de junco, e ancoradas a meia hora de Puno. Elas foram construídas pelos moradores da cidade que não tinham terras para morar.

Peru

Cada ilha abriga uma família e hoje são cerca de 70 famílias e 1800 pessoas que usam a Totora também nas construção das casas, no artesanato e na alimentação.

Peru

Eles vivem da pesca e do artesanato e as mulheres tem uma importante participação nessas atividades. São elas que remam os grandes barcos de totora enquanto os maridos jogam a rede para pescar.

Peru

Peru

Depois do trabalho elas fazem a comida e durante à noite enquanto todos assistem televisão (Isso mesmo! Eles tem televisão e antena parabólica que foi doada pelo Fujimore), elas fazem o artesanato que é vendido para os turistas.

Peru

Peru

Há um sorteio das ilhas que vão ser visitadas no dia, ou seja, uma espécie de rodízio para que todas possam vender seus artesanatos.

Peru

Na ilha que visitamos eles nos explicaram como as ilhas são construídas, cozinharam bolinhos típicos de mandioca e no final nos convidaram para visitar as casas por dentro.

Peru

Demos sorte e fomos visitar a casa do presidente que é onde fica a antena parabólica doada pelo Fujimore. As casas são bem simples com apenas um quarto e a cozinha é coletiva para todos.

Peru

No final, para ajudá-los, fizemos um passeio nos barcos de Totora remado pelas mulheres e compramos um em miniatura de lembrança.

Peru

Peru

Do porto pegamos um táxi (S.10) até a rodoviária e pegamos o ônibus para Copacabana, na Bolívia. São cerca de 300km então chegamos lá na cidade no final da tarde. Veja aqui.

PLANEJANDO UMA VIAGEM PARA O PERU?

Encomende seu roteiro personalizado com cotação de hotel, passagens e passeios por selenenascimento@uol.com.br

Reserve seu hotel aqui no Peru

Faça seu plano de saúde aqui para visitar o Peru

Acesse todos os posts do Peru aqui.

Selene Soares
Selene Soares