Doiapoque a Nova York Canadá Archives - Doiapoque a Nova York
Montreal – Roteiro de 2 dias na cidade: Old Montreal, Notre Dame e Le Plateau Mont-Royal

Chegamos de Montreal de trem a partir de Toronto e rodamos 500 km em caerca de 5 horas.

Montreal

Montreal

Ficamos na cidade 2 noites e 2 dias e achamos suficiente, mas para conhecer tudo o que a cidade tem a oferecer acho que 3 dias é o ideal.

A parte mais bonita da cidade, na minha opinião, é a Old Montreal, ou a cidade antiga. E foi por lá que começamos nosso passeio na Basílica de Notre Dame.

Montreal

Como toda cidade francesa no mundo, Montreal também tem uma Notre Dame para chamar de sua. Por fora ela é bem mais simples que a de Paris, mas tenho que dizer que por dentro me impressionou bem mais.

Montreal Montreal

Há tour guiados gratuitos em Inglês e Francês de hora em hora (que fizemos) onde é contada um pouco da história da cidade e da igreja. A basílica atual foi contruída ‘em cima’ da antiga que sofreu um incêndio criminoso e por ter sido ‘decorada’ quase que totalmente por madeira não resistiu.

Montreal

Na parte de trás há uma pequena capela toda entalhada de madeira onde são realizadas a maioria das missas e onde se casou Celine Dión que é um verdadeiro orgulho para a cidade. A fim de evitar um novo incêndio as paredes da capela são molhadas diariamente pelo corpo de bombeiros.

Montreal Montreal

Em frente fica a Place d’Armes com a estátua de Paul de Chomedey, o fundador da cidade.

Montreal

Ali começa a Cidade Antiga com edifícios da colonizaçao francesa.  Nos perdemos pelas ruazinhas que são um charme a parte e quando esfriava muito, dávamos uma passada em algum café ou lojinha.

Montreal Montreal

Para o Porto Antigo é um pulo. É uma promenade longuíssima ao logo do Rio Sao Francisco, assim como em Quebec. No verao há muitos festivais e Food Trucks por ali. Paramos no Museu de Ciêncas onde tem um cinema incrível e para quem está com crianças é um programa legal.

Montreal Montreal

De lá fomos para o Le Plateau Mont-Royal que é o bairro ‘cool’ de Montreal onde ficam as descoladas Rue Sainte-Catherine, Rue Saint-Denis e a Rue Peel que são as mais badalada da cidade com muitas lojas, bares e restaurantes. À noite, todo mundo vai para lá, pois ali fica o “distrito dos teatros” com muitos espetáculos e shows; é só entrar no site dos teatros aqui para ver a programaçao.

Montreal Montreal

Visitamos o Eaton Center, o mesmo shopping subterrâneo que há em Toronto, mas em versão compacta e bem sem graça pra falar a verdade, massss o Eaton Center é uma das portas de entrada para o RESO que é a cidade subterrânea de Montreal com mais de 32 km de extensao e 2.000 lojas! Execelente para fazer compras, prinicpalmente no inverno!

Montreal

Montreal

E quando a fome bateu uma coisa eu sabia – queria comer ‘poutine’ o prato típico da cidade composto por carne, batata frita, queijo ralado e molho ‘gravy’.

Montreal

Uma amiga nossa que mora lá nos indicou o ‘Poutineville’  (1365 Ontario Est, Montréal, Québec) como o melhor restuarante de poutines da cidade. E lá fomos nós.

Montreal Montreal

Além do poutine original, eles tinham outras versões com filé mignon deliciosas. Recomendo!

Montreal foi a cidade mais fria pela qual passamos, com temperaturas de -27 durante o dia e -37 durante a noite.

Montreal

E essa noite estava especialmente fria, chegando a criar gelo nos cílios. Foram as cinco quadras mais longas ‘ever’, mas a recompensa estava próxima.

Montreal

A glória foi pegar um ônibus quentinho com calefaçao só para descer uma rua!

Montreal

Bem próximo dali ficam o Parc Mont Royal, o Parc Olympique e a Biosphere (um museu do meio ambiente dentro do Parque Jean Drapeau) que são imperdíveis, mas como estava -30ºC nesse dia não queríamos lugares abertos e deixamos para a próxima vez que voltarmos, mas fica a dica como passeio ‘obrigatório’!

Selene Soares
Selene Soares

Quebec City – Roteiro de 2 dias na cidade: La Citadelle, Chateau Frontenac, Old Quebec
EM: 30 DE janeiro DE 2017 Tags: , ,

Quebec foi a primeira cidade francesa das Américas e foi disputada arduamente por ingleses e franceses e mesmo com a dominação inglesa, eles não conseguiram impor sua cultura e a língua oficial até hoje é o francês e eles tem orgulho disso.

Quebec

Foi uma das mais importantes da época colonial e mantém até hoje sua antiga muralha.

Quebec

A cidade é bem compacta e fácil de ser explorada a pé. Nosso hotel ficava ao lado do Chateau Frontenac, cartão postal da cidade. Ele foi construído em 1893 pela Canadian Pacific Railway com o objetivo de trazer mais turistas para a região e por consequência mais passageiros para o trem. Ele tem mais de 650 quartos e no último andar abriga um observatório da cidade.

IMG_4239

Hospedar-se por lá não é impossível não. As diárias estão por volta de R$400 e ele tem pacotes especiais para o Ano Novo também. Mas se não estiver hospedado, o hotel é aberto à visitação e inclusive tem várias lojas e um Starbucks.

Quebec

Em frente fica a Place Royale e o antigo porto da cidade que é um charme e uma volta ao passado.

Quebec

Bem ao lado do hotel há uma promenade suspensa com vista para o Rio São Lourenço.

Quebec Quebec

Quebec

Essa é a cidade alta, onde fica a maior parte da cidade histórica e no inverno é construída uma pista para trenós que são alguma ados e são a maior diversão!

Quebec Quebec

A partir dessa plataforma é possível tomar o funicular que leva para a cidade baixa.

Quebec

Na parte baixa seguimos pela rua Petit Champlain e Rue Sus le Fort onde começa a parte “fofa” da cidade.

Quebec

Essa área se chama Quatier Petit Champlain e sua característica principal é o seu estilo de “vila”, com casinhas charmosas, ruas estreitas e de pedra.

Quebec

É uma das áreas mais turísticas da cidade, portranto nao faltam lojinhas, botiques, confeitarias e restaurantes.

Quebec Quebec

Caminahndo pela Rua Saint-Louis que depois vira a avenida Grand Allee, a principal da cidade está a Citadelle que é parte da Fortaleza da cidade, designado patrimônio mundial em 1985. Os canhões fazem parte da defesa da cidade e a vista lá de cima é igualmente bela.

Quebec

Continuando na mesma rua, agora avenida Grand Allee, vem o Champs-de-Bataille, nas Plaines d’Abraham, onde está o Musée national des beaux-arts du Québec. A área é histórica e abrigou uma batalha de mesmo nome. Nas Plaines d’Abraham há um rink de patinação que fica lotado nos finais de semana.

Quebec

Quebec

O BattleFields Park, fica no mesmo local, e nessa época do ano oferece muitas atividades e esportes de inverno como patinação, snowshoeing, skiing e cross-country skiing no Jardim de Joana d’Arc que no verão é extremamente florido.

Quebec

Caminhamos até a Rue Saint-Jean onde fica o Saint-Jean Gate que é a entrada da cidade murada ou Cidade Antiga e dá para ver direitinho ao longo da muralha.

Quebec

Mais a frente fica a Place de l’Assemblée-Nationale, o Hotel du Parlement e a Fontaine de Tourny onde entre final de janeiro e início de fevereiro acontece o Carnaval de Quebec.

 

Selene Soares
Selene Soares