Doiapoque a Nova York Manaus Archives - Doiapoque a Nova York
Manaus: Dicas Básicas para conhecer a Amazônia

Quem vai à Amazônia não pode perder a chance de conhecer Manaus. Capital do Amazonas é bem turística e com boa infraestrutura, além de ser porta de entrada para vários passeios para conhecer a selva Amazônica.

Amazonia

O ideal é ficar por lá de um a dois dias, visitar o teatro Amazonas e quem sabe assistir uma ópera, experimentar a culinária a base de peixes que é deliciosa e pegar uma praia de rio. Nós passamos meio dia na cidade na volta do nosso hotel de selva que contei aqui e gostamos bastante. Como estávamos com o motorista que faz o traslado de onde o barco te deixa até o aeroporto de  Manaus, aproveitamos a carona para conhecer a cidade. Fomos em Julho, início da época seca, mas como havia ocorrido a maior cheia da história  o nível das águas estava bem mais alto do que o de costume o que dá acesso a vários lugares lindos e a população faz a festa na cidade com as mini praias formadas pelo escoamento do rio Amazonas. Basta um carro de som no ritmo do Brega, uma tirolesa improvisda, muita comida, sol e água!

amazonia

Fizemos um passeio pelos bairros da cidade e seguimos até o Teatro Amazonas, símbolo máximo do Ciclo da Borracha na região. Tombado como patrimônio histórico em 1966 tem em sua cúpula 36 mil escamas de cerâmicas trazidas da França. É possível fazer visitas guiadas e se for temporada de espetáculos assista uma ópera à noite – verifique a programação aqui.

teatro amazonas

Logo em frente fica a praça do Teatro Amazonas onde experimentamos um dos pratos mais típicos de lá: o Tacacá (caldo de tucupi com goma, camarão seco e folha de jambu) na famosa Barraca da Gisela. Uma delícia! Sarei da gripe na hora.

barraca da gisela

tacacá

E seja no Shopping Manaura, onde você pode descolar umas boas barganhas em eletreletrônicos e eletrodomésticos já que, não esqueça – você está na Zona Franca de Manaus – ou no Aeroporto, não deixe de experimentar os sorvetes de sabores exóticos da Amazônia na Sorveteria Glacial adorei o de Tapioca, vai por mim, é um dos melhores, e o de Buriti, fruta típica da floresta.

sorveteria glacial

sorveteria glacial

E seja em Manaus ou em seu hotel de selva não deixe de provar os peixes mais famosos como o tambaqui, o tucunaré e o pirarucu. Um restaurante super bem indicado pela Revista Veja Manaus é o Banzeiro.

tucunaré

Outra dica é aproveitar um dos dias para fazer um passeio bate e volta ao Encontro das Águas. várias agências na cidade oferecem esse passeio por cerca de R$60 por pessoa, em barco alto, que é o ideal para ter uma boa visão do fenômeno e muitos ainda incluem almoço em algum restaurante flutuante. No nosso caso tínhamos a opção de fazer esse passeio tanto na ida quanto na volta do hotel de selva (que como contei é feito por barco motorizado), mas nos custaria R$240 por pessoa por ser um passeio privado e com lancha rápida, achamos que não valia a pena e deixamos de lado. Outra boa opção é visitar a praia fluvial de Ponta Negra, mas isso só a partir de agosto quando a água do rio recua e a areia aparece. É uma área turística e que vem passando por renovações para oferecer uma boa infraestrutura.

Selene Soares
Selene Soares
Comentários desativados em Manaus: Dicas Básicas para conhecer a Amazônia