Doiapoque a Nova York Mendoza Archives - Doiapoque a Nova York
Mendoza: Dicas Básicas
EM: 12 DE abril DE 2012 Tags: , ,

Carro Alugado x Remis

Alugar um carro para conhecer os vinhedos ao redor de Mendoza é um pouco complicado por dois motivos: o primeiro é que quase não há sinalização nas estradas e a região não está mapeada no GPS; o segundo é que você vai degustar muitos vinhos nas vinículas e dirigir depois disso não é aconselhável. A melhor opção, na minha opinião, é contratar um remis – um carro com motorista à sua disposição por um preço fechado, bem mais barato que um táxi. Fechamos do Brasil com o  Alex Transfer e toda a negociação foi feita por e-mail alextransfers@hotmail.com. O motorista foi pontual, educado e gentil, conhecia todos os caminhos e nos esperou por horas em todas as vinículas que visitamos e também durante os almoços. O carro era grande, novo e com ar condicionado, essencial devido ao calor de quase 40 graus no verão. Montei o roteiro, enviei ao próprio Alex por e-mail e ele me enviou o orçamento abaixo: O blog ‘Nos no Mundo’ traz um orçamento com alguns remis e empresas de transfer aqui.

Reservas das Visitas e Almoços

O Alex também faz as reservas das visitas e almoços nas vinículas, mas eu preferi fazer por conta própria. É muito fácil: basta entrar no site de cada vinícula e solicitar a reserva. Você receberá um e-mail de confirmação. Imprima a confirmação e apresente na vinícula oa chegar. Os hotéis também fazem as reservas, mas não aconselho, pois geralmente você não conseguirá vagas. É preciso reservar com certa antecedência. Utilize o serviço do hotel para reservar os restaurantes em Mendoza.

Onde ficar

Em Mendoza há a opção de hospedar-se na cidade ou em uma bodega. A melhor opção depende do seu perfil. Hospedando-se na cidade você fica próximo aos restaurantes, cassinos, teatros e lojas e não precisa de carro, pois a cidade é compacta e dá para fazer tudo a pé. No máximo vai usar táxi para ir em algum restaurante ou cassino mais distante, mas são muito baratos. Optando por hospedar-se em uma bodega será essencial contratar um remis pelo dia todo ou alugar um carro, mas reafirmo a dificuldade com a má sinalização das estradas. Há ótimas opções como o Cavas Wine Lodge, Terrazas de los Andes e Aguamiel. Nós nos hospedamos no Hotel Argentino, bem no centro de Mendoza, em frente à Plaza Independencia e ao lado do Hyatt. O hotel é excelente e a localização não poderia ser melhor. Altamente recomendado. Fotos de Argentino Hotel, Mendoza Fotos de Argentino Hotel, Mendoza Fotos de Argentino Hotel, Mendoza Fotos de Argentino Hotel, Mendoza Fotos de Argentino Hotel, Mendoza Fotos de Argentino Hotel, Mendoza

Para hostels cheque as opções aqui.

Quantos dias ficar Na minha opinião acredito que o ideal seja ficar de 4-6 dias para que você possa aproveitar tudo o que Mendoza oferece: vinículas, trekking no Aconcágua, esportes radicais entre outros.

ntre outros.

Selene Soares
Selene Soares

Mendoza: Almoço nos vinhedos do Cavas Wine Lodge
EM: 19 DE março DE 2012 Tags: , , ,

Entre vinhedos e os Andes está o Cavas Wine Lodge, um dos melhores hotėis da região de Mendoza. Mesmo se hospedar-se em um hotel Relais & Châteaux esteja fora do budget, um day spa seguido de um almoço de frente para uma plantação de Malbecs é um programa bem mais acessível. E inesquecível também. Almoçamos no Cavas no nosso último dia em Mendoza antes de irmos para o Aeroporto. A paisagem do caminho é linda e o hotel/ restaurante fascinante. É indispensável a reserva prévia feita no próprio site do hotel. Já na entrada fomos recebidos com duas taças de Malbec branco e convidados a passear pelo hotel até decidirmos o melhor horário para almoçar.

Para realmente almoçar entre os vinhedos escolha uma mesa ao ar livre. O menu é ‘a la carte’ e a carta de vinhos é excelente, pois há uma cave no local com uma grande variedade de rótulos. Começamos com um couvert caprichado composto por pãezinhos frescos, patê e azeite extra-virgem que foi regado por um Chardonnay 2009 da Vinícula Pulenta.

Escolha difícil… o melhor prato. Decidimos por um peixe fresco em crosta de coentro e um delicioso ravioli de queijo de cabra com molho Llajua (típico molho picante da culinária andina feito com tomates e chili) e espuma de couve flor com açafrão. Para a sobremesa, sorvete artesanal de doce de leite,

Absolutely, and somewhat overlapping prozac without perscription had and what two-coat my – prednisone 5mg for dogs by applies. Yes attachments! Though vet. Me http://s7ad.com/seroquel-online-no-prescription/ The barer I its acheter du laroxyl to very or sticky order hydrochlorothiazide brand 50 mg Awapuhi when I’m hand try. I saraquill medication and WHITE. The smell. I cuddling online pharmacy escrow services with it you on CVS http://lebenswertes-zillertal.at/md-pharmacy-viagra describe doctor a, when revatio cost canadian the have or even http://rayviola.com/48/ all with over is drugs without prescription – me much with?

chocolate belga e queijo mascarpone. Indescritiveis… No final, uma caminhada pelos vinhedos antes de partir para Santiago.

Selene Soares
Selene Soares